o que é 22 dias quanto quilos por semana diet protéica beyonce semanal brain health fibromyalgia sources causa lista 1200 calorias plano vitamina

Veja como fazer para emagrecer, para ter hipertrofia, atletas, bodybuilder e até crianças. Qual a diferença com a cetogênica, low carb, crudista, atkins, detox, jejum intermitente, mediterrânea e carnívora para perder peso rápido? O que substitui a carne nesse plano? Quais os benfícios e malefícios? Serve para quem tem diabetes, alzheimer, deficiencia de ferro e outras doenças?

O que é uma dieta vegana?

Esta é um tipo de plano alimentar constituído apenas de alimentos e nutrientes com origem vegetal. Isso significa muito mais do que apenas não pode comer carne ou ovo.

Vários outros alimentos, como até mesmo o mel, não podem ser escolhidos, levando-se em conta a sua origem inicial.


pr

Este tipo de dieta, portanto, vai um pouco além da versão vegetariana, levando-se em conta que as suas privações são um pouco maiores. Em todo caso, é possível dizer que este tipo de restrição alimentar apresenta diversos benefícios para a saúde, que serão apresentados adequadamente ao longo do texto.

O fato de a dieta vegana ser feita sem alimentação animal, apenas com alimentação vegetal, faz parte de um conceito mais amplo, chamado de veganismo, que é um movimento de valorização da alimentação totalmente vegetal e com uma cultura totalmente integrada a conscientização sobre o não sofrimento de animais.

female what can you eat on a raw vegan diet fitness alcalina proteína keto oms Tom Brady malefícios carboidratos low carb artigo ovo balanço




Portanto, este plano elimina elementos como ovo, carne, leite e mel, de qualquer refeição.

Assim, é necessário entender como fazer a dieta, para evitar que nutrientes sejam perdidos. Todas as pessoas podem usar esse tipo de alimentação. Não há restrições.

Inclusive, para demonstrar o conjunto de vantagens para a saúde oferecidos pela dieta vegana, governos de vários países, como Brasil, Estados Unidos e Holanda, têm incentivado muito a prática desta modalidade alimentar. Isso acontece pelo fato de que a alimentação vegana é a mais saudável de todas e alguns estudos apontam para este sentido.

Já existem, inclusive, países que desejam ser totalmente veganos.

É o caso da Holanda, por exemplo, que, a partir de 2030, espera ser o país mais vegano do planeta.

Quais seus benefícios?

Há quem aponte até que este tipo de alimentação, na primeira semana, seja capaz de já apresentar muitos dos seus benefícios. Dentre os quais, podem ser citados os seguintes:

  • Expande a capacidade energética do organismo – o corpo humano precisa de muito menos energia para poder realizar a absorção de nutrientes de origem vegetal. É por conta desse tipo de situação que, por exemplo, após uma refeição pesada, como um churrasco, se faz necessário descansar (dormir, por exemplo). Com uma alimentação vegana, o corpo está sempre leve, sem a necessidade de dedicar tanto espaço e força para outros processos.
  • Maximiza o processo de digestão – muito mais fácil para o organismo não lidar com gases e outros problemas desse tipo. Leite, carne e vários derivados são os alimentos que mais causam incômodos intestinais desse tipo.
  • Aumenta o nível de felicidade – essa dieta provoca a conscientização de toda a questão do sofrimento animal e traz um propósito muito positivo.
  • Deixa a pele mais bonita – frutas, legumes e verduras são muito importantes para a beleza da pele. Com uma dieta rica nestes alimentos se torna muito mais fácil atingir os níveis de nutrientes para ter uma pele, cabelos e unhas fortes e bonitas do que aquela que se baseava em carnes e derivados.
  • Facilita o sono – a alimentação tem total relação com a qualidade do sono e por conta deste aspecto o veganismo é muito importante. Já nos primeiros dias, é possível observar como o sono se torna bem melhor.
  • Para quem busca emagrecer – é conhecido o fato de que várias celebridades se tornaram muito mais magras em virtude do uso deste tipo de plano alimentar. Famosos já optaram por retirar a carne e derivados, de suas alimentações, com resultados notáveis. Em 22 dias, é possível notar, rápido, uma diferença bem significativa.
  • Para hipertrofia – ao mesmo tempo, quem se dedica a atividades físicas de musculação pode acabar notando que, curiosamente, este tipo de alimentação pode favorecer a hipertrofia. Como? Os músculos são favorecidos com a diminuição de gordura e o foco em um treino com peso que aumente os músculos.
  • Regulação e controle da diabetes – a hipoglicemia e outros aspectos da diabetes podem ser controlados em virtude deste novo hábito alimentar.Muita gente diz que esta dieta é importante para a saúde e que a melhora muito. Por que isso ocorre? O principal benefício é retirar a carne da alimentação. Várias doenças podem ser prevenidas. Por exemplo: doenças de coração, câncer de intestino, dentre outras. Além disso, as carnes estimulam a obesidade.

    Por outro lado, comer comida vegana estimula a produção de fibras, úteis para o corpo.


    pr

    É preciso observar a quantidade de proteínas ingeridas e tratar de repor, se for o caso. Grãos e derivados, como farinhas, são boas opções.

    Como funciona o antes e depois?

    Ao adotar este tipo de alimentação vegana, a pessoa passa por um processo de mudança grande, seja de saúde física e/ou psicológica e isso implica em mudanças culturais muito significativas, que se estendem para os hábitos alimentares, veja alguns casos:

    • Dentre as principais mudanças, a melhora a qualidade de vida da pessoa é evidente. A energia mais leve e mais saudável traz consigo mais felicidade e menos culpas.
    • A diminuição do peso é outra consequência quase que natural. Não costuma ser o principal objetivo de uma alimentação vegana, mas muitas pessoas que retiram a carne e seus derivados da alimentação sentem uma grande diminuição de peso, logo nos primeiros dias.
    • Redução de espinhas: algumas pessoas possuem um impacto grande na qualidade da pele, logo após o início desta dieta. O uso maior de alimentação de origem vegetal, conforme ressaltado anteriormente, diminui a quantidade de espinhas.
    • Paladar melhor: sem a alimentação de origem animal, o paladar tende a se tornar mais sensível.
    • Prazer em cozinhar: o veganismo exige uma alimentação muito mais criteriosa. Para isso, muitas vezes, é necessário utilizar de técnicas bem mais sofisticadas para a alimentação. É por conta disso que existem chefs já voltados diretamente para o veganismo.
    • A fome pode aumentar: a ausência de carne e derivados pode provocar como consequência direta um aumento da fome, principalmente em virtude de que a digestão de vegetais é muito mais leve e rápida do que de
      alimentos derivados da carne. Com isso, a sensação de saciedade pode se ver afetada.

    Angelina Jolie saudável Ariana Grande balanceada 1 mês câncer engorda o que comer problemas gluten livro gordura exemplos tipos leite risco iniciar



    Como montar seu cardápio de comidas veganas?

    Elaboramos algumas sugestões de cardápios, para todas as refeições do dia. Vamos conferir?

    Café da manhã:

    • Biscoito de banana e aveia;
    • Granola caseira;
    • Leite de coco caseiro;
    • Manteiga de amendoim;
    • Barra de cereal com chocolate;
    • Bolinhas de tofu veganas;
    • Hambúrger de feijão branco;
    • Falafel de forno.

    Almoço:

    • Macarrão vegano com queijo;
    • Rolinho de acelga;
    • Salpicão vegano;
    • Beringela com cogumelos.

    Sobremesa:

    • Pudim de coco;
    • Nutella caseira.

    Receita de pãozinho integral com açúcar de coco:

    Tempo de preparo: 50 minutos

    Rendimento: 7 unidades

    Ingredientes:

    Componente Quantidade
    Água 300 ml
    Fermento biológico seco 10 g
    Açúcar de coco 1/3 de xícara
    Farinha de trigo integral com teor de proteína 9% 1/3 de xícara de chá
    Amaranto 1 xícara de chá
    Azeite extra-virgem com acidez<0,5% 4 colheres de sopa
    Sal marinho 1 pitada

    Modo de preparo:

    • 1.O forno deve ser preaquecido a 185 graus;
    • 2.A água deve ser aquecida levemente e depois deve ser colocada em uma tigela com o fermento e o açúcar;
    • 3.Após misturar, agregar todos os ingredientes, sempre misturando;
    • 4. A massa deve ficar homogênea;
    • 5. Deixar descansar a massa num microondas por 40 min;
    • 6. A seguir, prepare bolinhas e então colocar no forno, até dourar (aproximadamente em torno de meia hora).

    Clique aqui para voltar http://www.culturaegastronomia.com.br/dieta/


pr